Na brisa suave…

Quando entro na caverna, esgotada das dificuldades do dia a dia, esgotada desse 2016 que parece nunca ter fim, esgotada de falar a  tantos ouvidos surdos e mentes vazias com egos inchados, esgotada dos erros que cometo, as vezes sem querer e muitas vezes por vontade própria, como Elias começo a procurar a voz de Deus no vento, no terremoto, no fogo, mas não escuto nada. Ai vem uma brisa suave e nela ouça a voz de Deus: _Léo, o que você está fazendo ai? Vim lembrar você: _Você não está sozinha, eu estou aqui. (1Reis 19:1-14/ Hebreus 12:1-3)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s