Abandono?! jamais!!!!

braçosdo paiQuando me perco no abandono, o Deus Eterno me acha.

Quando naquela noite que o sono não vem e me sinto como um passarinho solitário no telhado, ouvindo até o som do silêncio, o Deus Eterno me abraça como um bebe.

Quando os dias se sucedem sem respostas… Lá vem o Deus Eterno dizendo num sussurro – CALMA, eu sou o seu Deus e Pai.

Quando a solidão começa a crescer como uma sombra fantasmagórica na parede e vai avançando sobre o meu ser até que me sinto totalmente abandonada… Lá vem o Deus Eterno e me diz: _ “Haverá mãe que possa esquecer seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa esquecê-lo, eu não me esquecerei de você.”

A quem possa interessar: Isaias 49:13-15

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s