Ganância + Negligência – Vidas = Tragédia

amor3

 

Paulo disse em sua carta a Timóteo: _  “… Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o AMOR ao dinheiro é a RAIZ de todos os MALES.

E assim, o AMOR ao dinheiro, leva à ganância, que leva à negligência –  negligência empresarial, negligência do poder público, que leva vidas para uma armadilha sem volta.

É assim, em boates, estádios, parques, shows, igrejas, supermercados, marquises, prédios, construções, estradas, transporte, trânsito, calçadas, hospitais, escolas, segurança, educação, moradia…Nordeste morrendo de seca.

E assim caminha este país… A relatividade moral, onde os fins – ganância, ganância e mais ganância sempre  justificam os meios – negligência, negligência e mais negligência…

E assim caminha este país que investe milhões para a realização de um torneio de futebol, na construção de estádios “faraônicos”, para “gringo” ver, enquanto o seu povo sofre de toda sorte de mazela social.

E assim caminha este país, no seu “jeitinho brasileiro de ser”, no seu costume do “molha a mão” (propina) para se alcançar os objetivos mais diversos e escusos.

E assim caminha este país… Onde os adeptos do “jeitinho” tem a certeza da sua impunidade!

E assim caminha este país… Negligenciando o seu povo, que por sua vez negligência o seu direito de, como cidadão, mudar a ordem das coisas.

E assim caminha este país – Será mais uma tragédia para cair no esquecimento? Será?

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s