Fé e Cidadania

esperançaIndignação, raiva, justiça própria, muitos sentimentos que assolaram meu coração nesses últimos dias diante da natureza humana, diante da maldade humana, parece que tudo está chegando ao limite do insuportável.

Rostos sendo dilacerados e vidas sendo destroçadas.

Fatos reais e cotidianos contra os quais não há argumento suficiente.

Insanidade humana, mentes insanas.

Indignação por tanto sangue inocente derramado pelas ruas dessa cidade.

Indignação por tantas faltas…

Falta de vontade política e justiça social

Falta de governo pelo povo e para o povo

Falta de vontade desse mesmo povo para mudar a ordem das coisas

Falta de luz

Falta de pão

Falta de amor

Falta de Deus

E onde há falta de Deus sobra malignidade…

Sabe Deus nos fez simples e direito, mas nós resolvemos complicar tudo agindo da nossa própria maneira.(Ec 7:29)

Mas mesmo com todos esses sentimentos misturados dentro do peito e mesmo diante da triste constatação de tantas “faltas” prefiro crer que o povo irá aprender a fazer a sua parte, e que os governantes, um dia, olharão para o povo com compaixão e misericórdia governando com justiça.

Mesmo assim prefiro crer no que diz a carta aos Hebreus “que nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.”.

Prefiro crer, ainda, que o bem sempre vencerá o mal, mesmo que aparentemente o segundo esteja vencendo momentaneamente.

Prefiro crer que existe uma luz que brilha sobre essa treva toda, uma luz chamada Jesus e nós somos os agentes dessa luz; como diz Teresa de Ávila:

“Cristo não tem atualmente sobre a terra nenhum outro corpo senão o teu.
Nenhuma outra mão senão as tuas.
Tu és os olhos com os quais a compaixão do Cristo deve olhar o mundo.
Tu és os pés com os quais ele deve ir fazer o bem.
Tu és as mãos com as quais Ele deve abençoar
os homens de hoje.”

Pois é! A expressão do amor de Cristo está diretamente ligada ao exercício da nossa fé aliado ao exercício da nossa cidadania.

Um cidadão do céu exerce sua cidadania aqui na terra…

Façamos a nossa parte!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s