Desamparo…dor da alma

“…Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor…”

Sempre que somos invadidos pelo sentimento de desamparo temos a tendência ao isolamento, o que só agrava mais a situação.

Reconhecer que somos impotentes para seguirmos sozinhos já é um bom começo.

Reconhecer que precisamos da ajuda e do convívio das pessoas já é um excelente passo em direção da cura da alma.

Reconhecer que além de precisarmos da ajuda das pessoas e do convívio com elas, precisamos da ajuda de Deus é crescer emocional e espiritualmente.

Jesus ao ver as multidões aflitas e desamparadas teve compaixão delas.

E assim é hoje! Quando Ele olha para nós Ele sente a mesma compaixão.

E quando olhamos para Ele, em meio às aflições da vida e com a alma assolada pelo desamparo, sempre encontraremos a sua mão estendida para nos libertar a alma.

“…Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor…” Palavras do evangelho de Mateus

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s