Coma os morangos….

Uma metáfora…

 “…Uma manhã, um monge estava colhendo frutos em uma floresta quando viu um tigre. Não querendo se tornar o café da manhã do tigre, o monge correu. Infelizmente, o tigre correu atrás. Depois de correr com muito esforço através da floresta densa, o monge, de repente, saiu da floresta e viu-se balançando na beira de um penhasco. Como o tigre estava quase alcançando-o, o monge não teve outra escolha senão agarrar um cipó dependurado na beira do penhasco e pular. O cipó aguentou! Na metade da descida do penhasco, o monge viu outro tigre esperando embaixo! À medida que ele balançava no cipó tentando decidir o que fazer, um pequeno camundongo saiu de um buraco na parede do penhasco e começou a mordiscar o cipó. Nesse momento de crise, o monge, de repente, notou um pé de morango em uma fenda no penhasco e nele estava o maior e mais bonito morango que ele já tinha visto. Momentaneamente, ignorando a sua situação difícil, o monge esticou o braço, arrancou o morango e deu uma mordida. De repente, todos os seus medos foram esquecidos, pois o monge não pode sentir nada, mas apenas o intenso prazer do gosto da fruta mais doce e suculenta que ele já tinha comido. Então, logo que o camundongo terminou de roer o cipó. Ele caiu mas achou uma pequena saliência para agarrar-se. E ficou ali pendurado por um tempo tão longo que ambos os tigres ficaram entediados e foram embora. Muito lentamente, o monge conseguiu escalar o penhasco, atravessou a floresta e voltou para a sua aldeia.

Enquanto caminhava, o monge pensou consigo mesmo: “Aprendi uma importante lição hoje: A vida é preciosa e o tempo é curto. Com freqüência gasto meu tempo preocupando-me sobre o que aconteceu comigo no passado (o tigre no topo do penhasco), com o que poderá acontecer comigo no futuro (o tigre no fundo do penhasco) e com as picuinhas e aborrecimentos do dia a dia (o camundongo). Com toda essa preocupação, às vezes não vejo as bonitas dádivas que a vida tem para oferecer (o morango). Meu medo e ansiedade me impede de ver e apreciar esses presentes.

.-.

Não perca tempo olhando para trás, tudo o que ficou no passado, seja tempos de glória ou tempos de vergonha e fracasso,  já foram crucificados com Cristo Ele levou todo o peso desse tempo de pecado sobre Ele na cruz.

Não perca tempo olhando para o futuro,  nós não temos controle nem mesmo sobre os fios de cabelos que caem da nossa cabeça,  que dirá o que vai acontecer daqui a um segundo.

Qualquer tempo que você gaste curtindo o passado ou premeditando o futuro é perder o tempo presente, é deixar de saborear “os morangos” que Deus está te dando nesse momento presente. Receba os morangos do presente como uma criança. Crianças não focam nos passados ou futuros e nem nos ratos dos aborrecimentos que trazem as preocupações do dia a dia.

Crianças simplesmente aceitam os morangos (graça de Deus Pai) e os saboreia.

Coma os morangos!

Abraços em Jesus, que em meio aos tigres passados, futuros e ratos que roem as nossas cordas, nos presenteia todo o tempo com os morangos saborosos de sua infinita Graça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s