Simplesmente crer para ver….



Recentemente assisti a um filme chamado o “Fazendeiro de Deus”….a história de um homem e sua família que desenvolve a sua fé através de uma série de perdas, desânimos e frustrações em uma terra estranha com gente esquisita, e através de tanta circunstância adversa, consegue descobrir o verdadeiro propósito de sua vida e passa a viver a fé que remove as montanhas…uma fé que Deus usou para fazer nascer batatas do solo mais improvável, do solo morto onde nada existia…fé que se torna inabalável e profunda quando o resultado da colheita salta aos olhos….batatas enormes.

Então me veio à memória um versículo que me encheu de esperança – “… O Deus que vivifica os mortos e traz a existência o que não existe…” Rm 4:17

Abrão contra toda a circunstância creu!

Deus anuncia a Abraão que ele seria pai de muitas nações e ordena que ele deixe sua parentela e o lugar onde vivia e marchasse em direção a uma terra que Deus ainda não mostrará…

Ora, o SENHOR disse a Abraão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção. (Gênesis 12:1-2)

E Abraão contra toda a circunstância creu!

Abraão queria um filho, mas Sara era estéril. Deus promete um filho para Abraão…

“…Depois dessas coisas o Senhor falou a Abrão numa visão: “Não tenha medo, Abrão! Eu sou o seu escudo; grande será a sua recompensa!”

“… Mas Abrão perguntou: Ó Soberano Senhor, que me darás, se continuo sem filhos e o herdeiro do que possuo é Eliézer de Damasco? E acrescentou: Tu não me deste filho algum! Um servo da minha casa será o meu herdeiro! Então o Senhor deu-lhe a seguinte resposta: Seu herdeiro não será esse. Um filho gerado por você mesmo será o seu herdeiro.  Levando-o para fora da tenda, disse-lhe: Olhe para o céu e conte as estrelas, se é que pode contá-las. E prosseguiu: “Assim será a sua descendência”.

Abrão creu no Senhor, e isso lhe foi creditado como justiça…” (palavras em Genesis 15)

E Abraão contra toda a circunstância creu!

É! Pois é!  A gente cita textos… Poéticos às vezes, mas o que será que se passava no coração e na mente de Abraão e Sara?

Bem, Abraão mesmo sendo obediente e confiando totalmente no Senhor, desanimou, como muitos de nós, e logo quis dar uma “forcinha” para Deus, querendo por seu escravo como herdeiro, costume da época para casais que não tinham filhos e Sara, por sua vez, também quis dar aquela força aos planos do Soberano Deus e na ansiedade de dar um filho a Abraão ofereceu a ele sua serva egípcia para que gerasse um filho para Abraão e nasce… Ismael (e ai começa toda a confusão que hoje se vê nos países do oriente…resultado quando achamos que podemos dar uma “forcinha” nos planos  de Deus Pai –  bem esse assunto fica para outra ocasião… certo?)

Eles olhavam para seus corpos amortecidos pela idade, 90 e 100, haja fé… E diante de uma promessa que ia contra toda uma natureza física diziam: ­_ como isso será possível?

E quantas vezes o mesmo não acontece com a gente? É! Gente do século 21, “euzinha” e “vocezinho”.   Cremos, confessamos, declaramos, e etc., mas no fundo, lá no fundo do nosso ser a pergunta que não quer calar: _ como isso será possível?

Pois é! Mas Abraão contra toda a circunstância creu!

Não sei quais as suas questões, angústias ou incertezas nessa vida, mas é essa palavra de esperança que quero deixar aqui, para todos aqueles que por pura bondade se dispõem a ler essas simples palavras quando navegam e atracam por esse porto virtual:

_Creiam, Abraão, o pai da fé, como tantos outros citados na bíblia, os profetas, Davi, Ester, Moisés, Rute, Raabe, Salomão, Josué, Calebe, Paulo, João, Mateus, Lucas, Marcos, Pedro eram seres humanos como você, como eu, como nós… Com fraquezas, defeitos, medos e incertezas… Mas criam, criam em um Deus que pode todas as coisas.

Abraão e Sara estavam amortecidos, mortos fisicamente para gerarem um filho… Mas o Deus que vivifica os mortos concedeu vida aos seus corpos e o filho prometido nasceu…

Abraão e Sara estavam amortecidos, mortos fisicamente para gerarem um filho… Mas creram no Deus que chama as coisas que não são como se já fossem, o Deus que faz existir aquilo que não existia… (Rm 4:17)

Creia! Abraão creu e viu e você não é diferente dele…

Abraços em Jesus que diz que mesmo que a nossa fé seja pequenina como um grão de mostarda, mas sendo fé verdadeira diremos ao monte vá e atire-se no mar e ele irá..pode crer…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s