Eu não sou o que eu deveria ser. Eu não sou o que eu quero ser.  Eu não sou o que eu espero ser. Mas, ainda assim, eu não sou o que eu costumava ser. E, pela graça de Deus, eu sou o que sou.” (John Newton)                               Eu também!

 

Anúncios

Estilo de vida.


evange1Jesus não é religião. Jesus não é placa de denominação. Jesus não é teologia da prosperidade. Jesus não é ativismo religioso focado em fazer coisas e dizer coisas. JESUS É UM ESTILO DE VIDA! E é através Dele que Deus Pai espera, nesse mundo caótico e cada vez mais desumano, que aceitemos o seu chamado para buscarmos viver para abençoar os outros e honra-lo.

A quem possa interessar: Mateus 5:16.

Minutos finais do 2° tempo…


 

Estamos na prorrogação. Precisamos colocar em campo a nossa fé e deixar que Deus nos transforme em artilheiros. Convertidos e convencidos na mente e no Espírito, que temos o melhor e maior treinador de todos os tempos, Jesus, e que se obedecemos ao professor, colocando em pratica todas as suas estratégias de jogo, a vitoria virá. Crendo que o nosso Justo Juiz, nos erguerá para cobrarmos toda penalidade máxima praticada contra nós, pelo nosso adversário. Nesse jogo da vida, a vitoria só é garantida pela obediência ao treinador, e o “fair play” praticado através do amor. Então a taça de campeão será entregue a cada um que lutou o bom combate e guardou a fé. E a comemoração será plena, sentados à mesa do banquete celestial e eterno, junto com o Justo Juiz e o maior treinador de almas do mundo, Jesus. Acredite e de um “gás” ainda dá tempo, na prorrogação acontecem grandes viradas. Ah, sim, a regra é clara:  não é permitido empatar.

Dê-nos Senhor…..


“…Dê-nos, Senhor, corações pacientes e bondosos que não possam ser arrastados por falsos amores; dê-nos corações corajosos que não podem ser desgastados por problemas; dê-nos corações retos que não podem ser desviados por objetivos indignos e impuros. Dê-nos também, Senhor e Deus Pai, compreensão para conhece-lo, zelo em buscá-lo, sabedoria em reconhecê-lo com uma fidelidade que nos levará a vê-lo face a face…”

Quem quer pão?


Quando orava o Pai Nosso na parte que diz: o pão nosso de cada dia, sempre pensava no pão material, comidaaaa kkkkk. Mas hoje eu sei que esse pão também, é, acima e antes de tudo, Jesus, o Pão da Vida que veio do céu, o alimento que nos da vida e vida abundante. O pão que alimenta a minha alma. Todo vez que me sento à mesa para orar, ler a palavra,  quando caminho,  quando limpo minha casa, quando estou trabalhando, enfim, não importa onde ou como, Ele, o pão que veio do céu, o pão da vida, O PÃO nosso de cada dia, vem e me serve o mais rico banquete – o banquete da sua presença. (João 6:35; Mateus 6:9-13)

Deus não precisa de GPS


Não importa que situação estamos vivendo, Ele sabe quem somos,  onde estamos e o que precisamos. Ele nos localiza mesmo que o buraco onde nos metemos seja escuro e profundo, Ele nos localiza e estará lá, do nosso lado.  Estamos sempre debaixo de seus cuidados, Ele nos guia com o sussurro de sua voz e  com suas mãos fortes e poderosas nos mantem de pé.

Te agradeço Senhor por teu amor incondicional e teu cuidado constante.

Crer para ver. 

 “Senhor, tu me sondas e me conheces.
Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos.
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos.
Antes mesmo que a palavra me chegue à língua, tu já a conheces inteiramente, Senhor.
Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim.
Tal conhecimento é maravilhoso demais e está além do meu alcance, é tão elevado que não o posso atingir.
Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença?
Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura, também lá estás.
Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar,
mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá.
Mesmo que eu dissesse que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor,
verei que nem as trevas são escuras para ti. A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz.
Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza.
Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir…” Salmos 139:1-16