O mundo não leva a VIDA a sério!


De onde vêm todas as guerras e conflitos que assolam o mundo? Vocês acham que acontecem sem razão? Raciocinem. As guerras  e os conflitos sejam pessoais ou mundiais,  acontecem porque nós exigimos que as coisas saiam do “nosso jeito, ou nada feito”. E para ter o que queremos lutamos com unhas e dentes. Desejamos o que não temos e muitos são capazes de matar para conseguir. Invejam o que é dos outros e chegam a apelar para a violência. Não pedimos ajuda de Deus porque sabemos que a maioria das coisas que pedimos é para nosso próprio prazer. Somos como crianças mimadas, batendo o pé e fazendo birra. Como se Deus tivesse a obrigação de nos dar o que queremos. Mas Deus olha pra nós e do seu amor incomparável e do alto da Sua Soberania serenamente nos diz: “_Eu condeno o coração orgulhoso, mas a minha graça abençoa o coração humilde” Ele nos quer pra Ele e quer nos ajudar a sair desse lodaçal que nos metemos no mundo. Reconheçamos que estamos em um túnel sem luz alguma no fim. As nossas dores de parto já começaram e o nosso choro também. É preciso parar de brincar, a coisa é séria. Se dissermos SIM a Deus Ele responderá de imediato, pois está aguardando com  seus braços abertos pelos seus filhos pródigos e perdidos, para nos reerguer. O destino desse mundo está nas mãos Dele. Portanto é hora de rendição a Deus!
(Texto baseado em Tiago 4 – A mensagem)


…Um instante no tempo
Quando eu for mais do que pensei que poderia ser
Quando todos os meus sonhos estiverem a uma batida de coração de distância e as respostas couberem todas a mim conceda-me um instante no tempo. Quando eu estiver correndo com o destino então, naquele instante do tempo eu sentirei, eu sentirei a eternidade…eu serei livre….

Quando as palavras não bastam…


Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente.”   (Sigmund Freud)

                                          

 

A cobiça por dinheiro traz problemas e mais problemas, destruindo tudo a sua volta!


Vivemos em um país onde reina o amor:

Amor ao dinheiro
Amor ao poder
Amor ao interesse próprio

“…Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males…” (1 Timóteo 6: 2-10)


Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Por isso não temeremos. Salmo 46:1

A preocupação não muda nada. Você não adiciona um dia à sua vida nem um pouco de vida ao seu dia quando se preocupa. Sua ansiedade só gera queimação no estômago, nada mais. Em relação às coisas com as quais nos afligimos…
40% nunca acontecem;
30% estão ligadas a feitos imutáveis do passado; 12% se concentram na opinião de outras pessoas que não podem ser controladas; 10% têm a ver com saúde pessoal, que só piora à medida que nos preocupamos com ela;
8% se relacionam a problemas reais sobre os quais temos influência. Portanto, 92% de nossas preocupações são desnecessárias! A preocupação não é apenas irrelevante e improdutiva; ela é irrelevante e gera desconfiança de Deus. Preocupar-se é uma opção, não uma obrigação. Deus pode levar você a um mundo livre de preocupação. Seja rápido em orar. Concentre-se menos nos problemas à frente e mais nas vitórias atrás. Faça sua parte, e Deus fará a dele. Ele guardará seu coração com a paz dele, uma paz que excede todo o entendimento.  *(Texto: Max Lucado)

Mais atual? Impossível…


Deus está pessoalmente envolvido neste mundo e Jesus o revela ontem, hoje, aqui e agora…

“Nações, por que todo esse alvoroço? Povos, por que todas essas artimanhas? Líderes mundiais perseguem a supremacia política, demagogos e representantes se reúnem para discussões de cúpula. Os que negam o Eterno e se opõem ao Messias dizem: “Vamos nos libertar de Deus! Vamos nos livrar do Messias!”. Sentado no seu trono, nos céus, o Eterno ri. Primeiro, ele se diverte com a presunção deles; Depois, se refaz e fica zangado. Furioso, ordena que se calem: “Será que vocês não sabem que existe um Rei em Sião? Um banquete de coroação está preparado para ele no monte santo”. Contarei a vocês o que o Eterno disse a seguir. Ele disse: “Você é meu Filho, E hoje é o dia do seu nascimento. O que você quer de presente? É só pedir: Nações? Continentes? É só dizer, e todos eles dançarão para você, Ou, se quiser, poderá jogá-los fora com o lixo de amanhã”. Portanto, reis amotinados, usem a cabeça! Juízes arrogantes, aprendam a lição! Adorem o Eterno com respeito, Celebrem com tremor reverente. Beijem o Messias! A vida de vocês está em perigo, vocês sabem disso. A ira dele está prestes a explodir, Mas, se vocês buscarem Deus, não se arrependerão!”  (Salmo 2 – A Mensagem)